28 de jun de 2011

Craggy Range é o vinho que escolhi para presentear minha netinha


Ontem foi um dia de agradáveis surpresas! A convite da Importadora Decanter e com a presença de seu simpático proprietário Adolar e do nosso amigo Cezar, tivemos o prazer de conhecer os vinhos da Cranggy Range (Esta foi a primeira surpresa agradável) uma fantástica e premiada vinícola neo zelandesa, pertencente ao americano Terry Peabody Sr. que saiu de sua terra para se aventurar na Austrália mas que ao final escolheu a Nova Zelândia para produzir seus deliciosos vinhos. Durante sua visita ao Brasil, esteve acompanhado pelo seu filho Terry Peabody Jr e pelo diretor de mercado Warren Adamson. A degustação almoço ocorreu no Restaurante Tre bicchieri (minha segunda surpresa agradável) parabéns a quem fez a escolha do local. Neste seu primeiro contato com o mercado brasileiro apresentou alguns de seus principais vinhos, sendo a degustação dividida em duas partes: A primeira teve os seguintes vinhos :

OS BRANCOS

Glasnevin Gravels Riesling 2008 – R$ 115,00 - Varietal 100% Riesling da região de Waipara, fermetado em tanque de inos e com maturação de 4 meses sobre lias finas. – Palha verdeal, brilhante. Olfativamente complexo, citrico doçe lembrando laranja, mineral, borracha, floral, jasmin. Na boc, ótima acidez, macio, açucar residual, elegante, corpo médio, persistência média e retrogosto com mel e mineralidade. Se degustasse este vinho às cegas diria ser um exemplar alemão. NOTA 90/100





Te Muna Road Sauvignon Blanc 2009 – R$ 115,00 - Ótimo Sauvignon Blanc com acidez mais marcada e menor doçura do que o padrão da Novoa Zelandia. Muito agradável NOTA 88/100

Kidnappers Chardonnay 2008 – R$ 115,00 – Varietal 100% Chardonnay com fermentação 10% em barricas de carvalho francesas e 90% em tanques de inox, e maturação de quatro meses sobre lias finas.- Dourado, brilhante. Olfativamente muito fino, e limpo, marcado por cítricos doces, Maca, toque mineral, e ligeiro tostado. Na boca fresco, boa estrutura mantendo a elegância, e final de boca frutado e macio. Vinho para tomar a garrafa inteira. NOTA 90/100

OS TINTOS

Te Kahu Gimblett Gravels 2008 – R$ 135,00 – Corte elaborado com 54% merlot, 17% Cabernet Franc, 14% Cabernet Sauvignon,14% Malbec e 1% Petit Verdot da região de Hawke’s Bay, 14 graus de álcool, e com maturação de 20 meses em barricas francesas sendo 20% de primeiro uso.- Violáceo, média concentração, sem halo. Olfativamente complexo e intenso, Floral, violeta e rosas,frutas negras maduras,toque de bananada, couro,mineral, especiarias, e tostado delicado.Na boca tripé correto, taninos finos, elegante, corpo médio, persistência longa, e retrogosto frutado com toque de folhas escuras. Um vinho perfeito que agradou a todos. NOTA 90/100



Archa The Muna 2008 – R$ 135,00 – Varietal 100% Pinot Noir de Martinborough, com 14 meses de maturação em barricas francesas sendo 37% de primeiro uso.Vinho muito elegante e suave. NOTA 87/100

Le Sol Gimblett Gravels Syrah 2007 – R$ 340,00 - Varietal 100% Syrah de Hawke’s Bay com 14% de alcool, fermentado em grandes tanques de madeira com leveduras indígenas, e maturação em barricas francesas sendo 42% de primeiro uso.- Violáceo, alta concentração, sem halo. Olfativamente muito complexo, frutas negras maduras, especiarias, alcaçuz, carne, toque terroso,mineralidade e delicado tostado.Na boca, empolgante, tripé perfeito, estruturado, com muita elegância,persistência muito longa, final de boca marcante com retrogosto frutado. Delicioso, vinho pronto mas com grande potencial de guarda NOTA 92/100




Te Muna Road Pinot Noir 2008 – R$ 175,00 - Varietal 100% Pinot Noir de Martinborrough com 13,5 % de alcool, fermentação espontânea em tanques grandes de madeira,e maturação de 10 meses em barricas francesas sendo 33% de primeiro uso. Granada média concentração, leve halo. Olfativamente com muita tipicidade, frutado, ameixa, framboesas, toque floral, notas animais, couro, especiarias, canela, e ligeiro alcaçuz. Na boca tripe correto, estruturado, taninos finos, persistência longae retrogosto florale frutado. Um Pinot com muita tipicidade no nariz e uma boca mais estruturada mas muito elegante. NOTA 91/100



Block 14 Syrah Gimblett Gravels 2007 – R$ 175,00 – Varietal 100% Syrah de Hawke’s Bay com 13,5% de álcool, fermentação espontânea em tanques de inox e madeira, e maturação de 17 meses em barricas francesas sendo 42% novas. Violáceo , alta concentração sem halo. Cereja, especiarias, pimenta preta, alcaçuz, e agradável tostado. Na boca, vigoroso, tripé correto,encorpado, retrogosto bem frutado. Um vinho correto NOTA 88/100

A segunda degustação (postarei em nota separada) consistiu em uma vertical dos vinhos Sophia (2004, 2005, 2006, 2007, e 2008) em garrafas Magnum. Esta foi minha terceira surpresa agradável, pois a um mês atrás ganhei uma linda netinha com o mesmo nome. Como adorei o vinho, vou esperar ate que a safra 2011 seja lançada para comprar um exemplar deste vinho e presentear minha neta e quem sabe, toma-lo quando ela completar seus 18 anos !!!!!!!!!



Cezar  tomando conta da Sophia para mim



Importadora DECANTER - Rua Joaquim Floriano, 838 - www.decanter.com.br

Assessoria - ProPop Comunicação e Marketing Ltda – www.propop.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário